A história do ferro de passar roupas:

A história do ferro de passar começa há muito tempo. Desde o século IV já existiam formas de alisar roupas. Os chineses foram os primeiros a utilizar uma panela de latão com brasa e a manuseavam por um cabo comprido para obter o efeito desejado.

Nos séculos seguintes, madeira, vidro ou mármore eram os materiais mais comuns dos alisadores criados no Ocidente.

Eles eram utilizados a frio, uma vez que até o século XV as roupas eram engomadas, o que impossibilitava o trabalho  a quente.

No entanto, o ferro de passar propriamente dito tem suas primeiras referências a partir do século XVII, com o ferro a brasa.

Somente no século XIX surgiram outras modalidades como o ferro de lavadeira, a água quente, a gás e a álcool.

A evolução do produto culminou em 1882, com a patente do ferro de passar elétrico, feita pelo americano Henry W. Seely e, somente em 1926, surgiria o primeiro ferro a vapor.

No Brasil, os primeiros ferros de passar foram importados e sua nacionalização ocorreu durante os anos 50. Hoje, existem basicamente dois tipos de ferros de passar, mas qual deles consegue ser mais útil para o seu dia-a-dia?


Responda estas cinco perguntas e descubra qual tipo de ferro de passar é a melhor opção para atender as necessidades da sua casa:


1) Tecnologia é importante para você?

a) Nem um pouco. O mais importante pra mim é a tradição.

b) Sim, estou sempre a par das novidades e gosto de usar o que há de mais moderno.

2) Com que frequência você costuma passar roupa?

a) Quando vou usar as roupas.

b) Toda semana.

3) Que tipos de roupas você costuma passar?

a) Apenas as roupas do trabalho ou para alguma ocasião especial.

b) De tudo. Camisetas, camisas sociais e até roupa de cama.

4) O que é mais importante para você?

a) Preço.

b) Versatilidade.

5) Qual a quantidade de roupa que você costuma passar por vez?

a) Até cinco peças por vez.

b) Normalmente, toda a roupa da semana.


Agora vamos analisar as repostas:

ferro a seco• Maiorias das respostas A: Ferro a Seco

Você é tradicional e espera apenas um trabalho bem feito quando precisa. Quase não passa roupa, mas não pode deixar as roupas do trabalho amassadas ou ir amarrotado para aquele encontro especial. O ferro a seco não apresenta muitas funcionalidades, mas continua sendo o favorito de muitas donas de casa e homens que moram sozinhos. Atende perfeitamente às necessidades enquanto cabe perfeitamente no orçamento, pois além de mais baratos, costumam consumir menos que seus primos a vapor.

Clique aqui e veja as opções de ferro a seco disponíveis em nosso site.

 

ferro a vapor• Maioria das respostas B: Ferro a Vapor

Você precisa de um ferro completo, que cuide de toda a roupa da casa, das camisetas aos lençóis. Como a quantidade costuma ser grande, você precisa de velocidade. E é exatamente para isso que este ferro existe. Com suas saídas de vapor, ele torna o trabalho muito mais rápido e fácil. Mas fique atento: alguns tecidos podem ser danificados quando expostos à água ou vapor. Sempre leia as etiquetas para saber.

Clique aqui e veja as opções de ferro a vapor disponiveis em nosso site.


Ferro a seco e a vaporEmpate: Ferro a Seco e a Vapor

Você tem o lado tradicional, mas também precisa de um ferro completo, que cuide de toda a roupa da casa, das camisetas aos lençóis. Há momentos em que você passa uma grande quantidade de roupas, como também há aqueles em que você quase não passa; por isso é importante um ferro prático e que seja capaz de atender a essas duas situações. E é para isso que o ferro de passar a seco e a vapor existe. Com a tradição e tecnologia dos dois tipos de ferros juntos em um só.

Clique aqui e veja as opções de ferro a seco e a vapor disponíveis em nosso site.

 

Potência:

A potência dos aparelhos a seco gira em torno de 1000 W e nos modelos a vapor entre 1000W e 1800W.

O aspecto mais importante a ter em conta é a existência de um termostato prático e fácil de utilizar, dispondo de várias opções de níveis de temperatura para os diversos tipos de tecido que se quer passar.

Alguns modelos possuem uma base com revestimento anti-aderente, que permite uma melhor limpeza e resistência a riscos.

Mas seja qual for o seu ferro de passar, dê preferência para os ferros de passar que possuam o selo de qualidade do INMETRO. Só ele assegura que o aparelho passou pelos mais rigorosos testes de controle de qualidade, garantindo sua segurança. Não se esqueça!

Postado em Dicas por

LojaTudo