Sempre estamos preocupados em deixar a nossa casa mais bonita, porém algumas pessoas se esquecem daquela porta mais antiga que geralmente passa despercebida.

Vamos ensinar a fazer o reparo em portas de madeira sem ajuda de profissionais, pois estes reparos básicos são muito fáceis e rápidos de se fazer.

Ao fazer o reparo nas portas de madeira você verá uma grande diferença, o ambiente ficará bem mais aconchegante e agradável.

 

 

Tipos e tonalidades utilizadas:

Os modelos variam muito e as portas de madeira maciça geralmente são instaladas na parte externa ou para a entrada por serem mais seguras e resistentes a impactos e a intempéries, como sol e chuva, desde que devidamente tratadas.

As portas externas são agredidas pelo tempo quando não recebem a devida proteção, seja com tinta incolor ou colorida. O acabamento em cores costuma ser mais durável, pois a pigmentação funciona como proteção aos raios UV.

Geralmente as portas internas são as portas colmeia com formação interna de materiais ecológicos e desenho que lembra uma colmeia. Esse padrão tem como diferencial o peso reduzido das portas.

As portas internas, por estarem livres da exposição a intempéries e raios solares, possuem acabamento mais duradouro, feitos com lustrador (que mantém a madeira em sua cor natural), stain (impregnante) incolor ou colorido, tinta esmalte ou laqueação em poliuretano.

Nas portas de madeira escura, como a andiroba, é comum usar óleo de peroba, pois hidrata e proporciona brilho e proteção.

Já nas portas de madeira clara, como o ipê, não é recomendado o óleo de peroba, pois pode manchá-las definitivamente. O ideal é usar cera incolor pastosa com silicone, lembre-se; sempre faça teste em uma pequena área antes de continuar.


Para iniciar o processo de restauração precisaremos dos seguintes itens:

- Jornal ou papelão para cobrir o chão
- Lixa
- Luvas
- Óculos de proteção
- Massa para madeira
- Tinta esmalte à base de água
- Chave de fenda 
- Alicate
- Máscara para proteção
- Bandeja para tinta
- Pano limpo
- Rolo médio
- Trincha
- Fita crepe
- Espátula                                 

Passo a Passo:

Forre a área próxima à porta para não cair respingos.

Cubra com fita crepe ou retire, usando a chave de fenda e alicate, as partes móveis da porta, como maçanetas, espelho e trincos.

Utilize a lixa para retirar a pintura atual. Não se esqueça de usar sempre as luvasmáscara e óculos para proteção.

Passe um pano limpo e úmido para retirar o excesso de poeira e deixar a superfície lisa.

Certifique-se de que a superfície esteja uniforme. Se não, com o auxílio da espátula, passe a massa de madeira para cobrir furos, espaços vazios, cantos danificados, lascas e rachaduras.

Passe a lixa novamente, agora dessa vez passe a lixa somente nos lugares onde a massa foi aplicada.

Prepare o material para pintura e dilua a tinta esmalte à base de água de acordo com as instruções do fabricante.

Mergulhe o rolo na tinta esmalte na bandeja, retire o excesso e comece a pintar de baixo para cima, formando um "W", da esquerda para a direita.

Repita este processo quantas vezes for necessário até que fique uniforme ou ao seu gosto. Para alcançar as áreas mais difíceis e finalizar, utilize a trincha.

Não esqueça de pintar o batente. Retire a fita crepe das áreas protegidas e assim que seco, recoloque as partes móveis.

Importante:

Em caso de inchaço nas lâminas, é necessário retirar a porta para aplanar as partes inchadas para que volte a fechar corretamente sem prender ou raspar.

Como você viu é muito fácil e rápido fazer os reparos nas suas portas, sem ajuda de profissionais. Agora que você já sabe tudo sobre reparos em portas, mãos à obra!

Postado em Faça você mesmo por

LojaTudo