Para dar acabamento ou pintar cantos é necessário utilizar trinchas ou pincéis. Existe trincha e pincel, por isso vamos separar esses dois tipos.  

A diferença além do tamanho entre um e outro, é que a trincha possui inclinação na ponta das cerdas, facilitando utilização em áreas pequenas e difícil acesso a rolos.  

Quando for utilizar materiais sintéticos, recomendamos que opte pelo nylon, que mais se assemelha à cerda natural.  

Alguns profissionais utilizam trinchas de qualidade inferior para aplicar as primeiras demãos e outra de melhor qualidade, para o acabamento. 

Aqui vai a dica de alguns pincéis, cerdas e quais tintas usar, lembrando sempre que a principal característica das cerdas é sua firmeza.: 

Pelo de orelha de boi (POB) - Proveniente de diferente raças bovinas, são finos e resistentes. Seu formato cônico e sua terminação em ponta fina são tanto para tintas mais suaves e agudas, como para tintas mais espessas, como a óleo e acrílicas para tela. São flexíveis e oferecem um controle razoável do traço. 

Tem formatos cilíndrico e alongado. A principal característica do pelo de orelha de boi é sua versatilidade.    

Cerdas naturais - são as melhores por serem cônicas, oferecem melhor aproveitamento nas extremidades da trincha. Indicado para ser utilizado com tinta óleo ou esmalte. 

Cerdas brancas - São sedosas com um ótimo acabamento, são mais indicadas para pincéis artísticos. Indicado para ser utilizado com verniz e stain. 

Cerdas gris - Tipo de cerdas mais firme, geralmente  destinada à fabricação de pincéis. Tem terminação em forma de torre, base mais larga e ponta em franja.  Indicado para ser utilizado com tinta látex e acrílica. 

Filamentos sintéticos -  são ideais para pintura em madeira, principalmente para uso com as tintas vernizes e stain, produzidos com filamentos macios, proporcionam um excelente acabamento, ótimo controle no traço, além de serem resistentes aos solventes.  

Conservação após o uso: 

Antes do uso recomendamos que sejam lavados para retirar pelos curtos que não saíram totalmente durante o processo produtivo ou eventuais impurezas. 

Após o uso, recomendamos que seja retirado o excesso de tinta com o auxílio de um papel tipo jornal, lavar com solvente e para finalizar, lavar em água corrente e sabão neutro. 

 Guardar em local seco, pois a umidade pode facilitar o aparecimento de fungos que danificam o pincel, colocando as cerdas para cima ou no sentido horizontal, tomando cuidado para que as cerdas não fiquem pressionadas, evitando que elas fiquem tortas.

Clique aqui para ver todos os pincéis disponíveis na LojaTudo.

Postado em Dicas por

LojaTudo